+351 21 151 71 00

Tiroglobulina sérica na avaliação inicial da doença nodular da tiroide com o objetivo de rastrear os tumores malignos

Recomendação

Escolha não solicitar, por rotina, o doseamento da Tiroglobulina sérica na avaliação inicial da doença nodular da tiroide com o objetivo de rastrear os tumores malignos.

Justificação

A tiroglobulina é uma proteína produzida unicamente no tecido tiroideu. O seu doseamento, por si só, não acrescenta qualquer informação adicional sobre a natureza dos nódulos tiroideus, devendo ser tendencialmente indetetável após a resseção cirúrgica completa da glândula tiroide. É um marcador tumoral específico e a sua presença, após o tratamento cirúrgico do carcinoma diferenciado da tiroide, sugere a persistência de tecido tiroideu restante.

A informação apresentada nesta recomendação tem um propósito informativo e não substitui uma consulta com um médico. Caso tenha alguma dúvida sobre o conteúdo desta recomendação e a sua aplicabilidade no seu caso particular, deve consultar o seu médico assistente.

Bibliografia

  • Jaime L. Wiedel, Megan R. Haymart. Malignant disease of the thyroid gland. In: Thyroid and parathyroid diseases. Medical and surgical management. Thieme Medical Publishers, Inc. 2016; 9: 77-86.
  • Haugen BR et al. American Thyroid Association management guidelines for adult patients with thyroid nodules and differentiated thyroid cancer: the American Thyroid Association Guidelines Task Force on thyroid nodules and differentiated thyroid cancer. Thyroid 2016; 26: 1-133.

 

Uma recomendação de:

Colégio da Especialidade de Cirurgia Geral da Ordem dos Médicos

Recomendação subscrita por:

Colégio da Especialidade de Medicina Geral e Familiar da Ordem dos Médicos

Choosing Wisely Portugal
Escolhas Criteriosas em Saúde