+351 21 842 71 00

Inquérito sobre auto-percepção da prática da medicina centrada na pessoa

 

Auto-percepção da prática da Medicina Centrada na Pessoa em Medicina Geral em Portugal

Num trabalho para criar uma escala que permita avaliar a auto-perceção de prática de consulta em Medicina Centrada na Pessoa (MCP), os investigadores Luiz Miguel Santiago, Inês Rosendo e José Augusto Simões seguiram o método proposto por Moira Stewart et al em “Patient Centered Medicine, changing the Clinical method” [ISBN 9781846195662] na versão em português, que lhes deu autorização para essa utilização.

Após construção, verificação da consistência interna e determinação da fiabilidade de um instrumento que permite aferir a auto perceção genérica da prática médica de acordo com o modelo de MCP, sabendo-se já da sua valia, surge a necessidade de o aplicar à comunidade nacional de MGF, para se perceber se e como, em Portugal e na especialidade de Medicina Geral e Familiar (MGF), a MCP é desempenhada. Daqui decorrerão as necessárias consequências formativas.

Para tal, os investigadores solicitam o preenchimento do questionário abaixo, que já obteve as necessárias aprovações de ética (CE da RAS do Centro) e administrativa, do Senhor Bastonário da Ordem dos Médicos e do Conselho Nacional da Ordem dos Médicos, a quem os autores agradecem a possibilidade de realizar este trabalho que julgam estruturante.

Este instrumento demora cerca de 7 minutos a responder, estando os colegas à vontade para terminar ou parar o seu preenchimento. O preenchimento funciona como um consentimento informado.

Aceda ao inquérito:
http://62.48.174.178:8080/limesurvey/index.php/survey/index/sid/644887/new_test/Y/lang/PT