+351 21 842 71 00

Imortalidade da relação médico-doente

“Futurologia à parte no que respeita à imortalidade de pessoas ou de máquinas, há o essencial que deve ser infinitamente preservado: a Humanização da Medicina. Para que todos tenhamos uma vida melhor, mais longa… ainda que mortal.” – Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos, em artigo de opinião publicado no Diário de Notícias que reproduzimos integralmente em anexo.

Opinião DN imortalidd médico-doente_17Nov