+351 21 842 71 00

Entrevista dada pelo Médico Dr. António Gentil Martins

Perante inúmeras manifestações que têm chegado à Ordem dos Médicos em reação à entrevista dada pelo Médico Dr. António Gentil Martins, através das mais diferentes plataformas, o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, considerou essencial não deixar sem resposta “todos os que vieram manifestar a sua opinião junto da Ordem, até porque algumas das afirmações proferidas revelam um desconhecimento acerca daquelas que são (e das que não são) as atribuições e funções da Ordem dos Médicos, do seu Estatuto e da separação de funções e competências entre os seus diversos órgãos”, esclarecendo não fazer “qualquer juízo de valor ou discriminação sobre as opções de vida de cada um, nem sobre as suas opiniões subjetivas”. Na resposta pode ainda ler-se que a queixa disciplinar apresentada não teve origem em qualquer participação apresentada pelo Conselho Nacional ou pelo Bastonário e que compete ao Conselho Disciplinar Regional do Sul analisar as queixas apresentadas. A haver qualquer outro tipo de interferência no normal funcionamento desse Conselho Disciplinar tal comportamento representaria “uma intolerável violação da separação de competências entre os diversos órgãos da Ordem”. Reproduzimos em seguida essa carta-resposta do bastonário da OM.