+351 21 842 71 00

Medicina Interna – Mensagem de Boas Vindas

O Colégio de Especialidade de Medicina Interna pretende ser um dos sustentáculos do prestígio da especialidade. As conquistas e progressos verificados em todas as ciências da vida, e as que têm sido sentidas na medicina estimularam a gestação e o aparecimento de novas especialidades, concentradoras de conhecimentos mais específicos, de espectro menos largo, e utilizadoras de técnicas próprias que a sofisticação crescente tende a individualizar. Estamos no tempo em que a tendência para a pulverização do conhecimento médico levou ao reconhecimento da necessidade da existência de clínicos peritos na avaliação sistémica e de conjunto do doente, líderes de equipas multidisciplinares. O exercício da Medicina Interna abrange o internamento e o ambulatório, que assume a expressão crescente. O internista é o gestor do doente no hospital e deve cultivar uma relação profissional construtiva com o médico responsável pelos cuidados primários.
O Colégio de Especialidade de Medicina Interna é um órgão consultivo do CNE da Ordem dos Médicos, cujas funções primordiais são a atribuição de idoneidades formativas dos serviços, a definição do programa de formação, a elaboração de pareceres técnicos, a designação de júris de avaliação e a atribuição do título de especialista. Todas as suas funções têm por objectivo a promoção do exercício da especialidade em serviços idóneos e com qualidade.
Para além das assembleias ordinárias e extraordinárias do Colégio, o Conselho Directivo pretende ser aberto a todos os membros cujas ideias possam contribuir para os objectivos acima expostos, mantendo especial colaboração com a Sociedade Portuguesa de Medicina Interna.
Convidamos para que integrem o nosso colégio muitas especialistas de Medicina Interna que ainda não entenderam a importância da sua inscrição. Pensamos, sem falsas modéstias, que as acções internas e outras com visibilidade externa, cada vez mais frequentes, os convencerão das vantagens de pertencerem ao Colégio de Especialidade de Medicina Interna, fazendo com que se torne num dos maiores da Ordem dos Médicos.