+351 21 842 71 00

Ébola em Portugal: probabilidade de haver casos é alta, risco de epidemia é baixo

Ébola em Portugal: probabilidade de haver casos é alta, risco de epidemia é baixo

Divulgamos em anexo vários documentos relativos à probabilidade de haver casos de ébola em Portugal e do risco de uma epidemia. Sobre esses documentos pode ler-se na nota do Bastonário da Ordem dos Médicos: “Os pareceres dos Colégios de Saúde Pública, de Medicina Tropical e de Doenças Infecciosas são complementares e coerentes”, “segundo eles o risco do Ébola em Portugal é alto, mas a possibilidade de epidemia na Europa e em Portugal é baixa, tendo em conta o nível sanitário existente. Os colégios alertam, no entanto, para a necessidade de treinar e de preparar intensamente os profissionais de saúde para eventuais casos que surjam”. José Manuel Silva considera igualmente fundamental informar as pessoas que trabalham nos transportes aéreos e marítimos ou nas fronteiras, assim como a população em geral, dos procedimentos que devem adoptar sempre que houver suspeitas de infeção.

Em anexo encontra-se o “pertinente e atempado alerta efetuado pelo Colégio de Saúde Pública”, após o qual se intensificaram as medidas tomadas pela Direção Geral de Saúde para melhor preparar o país para o risco de Ébola, bem como o documento de consenso da Associação Médica Mundial, o parecer do Colégio de Medicina Tropical (onde se afirma peremptoriamente que “se no papel Portugal está preparado, a realidade do terreno nem sempre mostra o mesmo”), o parecer do Colégio de Doenças Infecciosas (que acentua que “o risco calculado implica a necessidade de todas as instituições e de todos os profissionais de saúde estarem informados e preparados”) e o conteúdo integral da nota do Bastonário da Ordem dos Médicos.

DOWNLOAD
Ébola_nota_pública_Bastonario
Ebola_Parecer_Colegio_Doencas_Inf
Ebola_Parecer_Med_Tropical
Ébola_Parecer_Saude_Publica
Ebola_WMA_Statement