+351 21 842 71 00

Bastonário nos Açores defende igualdade no acesso à saúde para quem vive nas ilhas

Miguel Guimarães deslocou-se à região autónoma dos Açores onde se reuniu com colegas de várias unidades de saúde, auscultando as suas principais preocupações. A falta de recursos humanos é uma das queixas mais frequentes, sendo fulcral garantir que o acesso a cuidados de saúde é similar tanto nos Açores, como em qualquer outra parte do país. Numa jornada intensa, o representante máximo dos médicos, visitou o Centro de Saúde de Ponta Delgada e o Hospital do Divino Espírito Santo, onde participou na comemoração do 20º aniversário dessa instituição e marcou presença no XVI Congresso de Endocrinologia e Nutrição dos Açores.

O bastonário da Ordem dos médicos quer que se assegure um acesso equitativo aos cuidados de saúde em todo o território nacional, considerando inaceitável que existam regiões onde os portugueses têm maiores dificuldades em ter cuidados atempados e de qualidade. “Quem vive em Lisboa tem um acesso diferente de quem vive em Beja, em Vila Real, na Madeira, Açores ou em Faro”, situações que têm que ser resolvidas pela tutela promovendo maior atratividade para fixar médicos nessas regiões claramente mais carenciadas.

No dia 25 de outubro, as visitas do bastonário da Ordem dos Médicos começaram no Centro de Saúde de Ponta Delgada, cujo conselho de administração é presidido por Pedro Santos, prosseguindo para o Hospital do Divino Espírito Santo de Ponta Delgada, ao final da manhã. Apenas como exemplo de algumas dificuldades que se têm sentido nesta unidade, recordamos que no início deste ano o Hospital do Divino Espírito Santo suspendeu as cirurgias programadas devido à “enorme pressão a nível dos internamentos”, como foi noticiado pela agência Lusa. Após a visita, Miguel Guimarães participou na comemoração do 20º aniversário deste hospital: a sessão comemorativa contou, além da sua, com as intervenções de Margarida Martins, presidente do conselho de administração em funções há apenas 2 meses, e Teresa Machado Luciano, Secretária Regional da Saúde.

Ainda houve tempo para o bastonário da Ordem dos Médicos e a Secretária Regional da Saúde se juntarem aos quase 500 participantes do XVI Congresso de Endocrinologia e Nutrição dos Açores, XVII Jornadas de Diabetologia e VIII Simpósio Satélite, cujo encerramento aconteceu precisamente dia 25 de outubro, encontro científico em que Miguel Guimarães já representou a Ordem dos Médicos em anos anteriores.

Leia a reportagem completa em breve na edição nº 202 da ROM – Revista da Ordem dos Médicos.