+351 21 151 71 00

Usar antibióticos quando não são necessários e mantê-los por mais tempo do que o necessário

Recomendação

Escolha não usar antibióticos quando não são necessários e não os manter por mais tempo do que o necessário.

Justificação

Na presença de choque séptico ou face ao diagnóstico claro de infeção bacteriana grave, o antibiótico deve ser iniciado nas primeiras horas, mas quando o doente não apresenta disfunção orgânica e o diagnóstico de infeção não é certo, é possível e adequado optar por uma estratégia de omissão de início de terapêutica antibiótica e vigilância. Uma vez iniciada terapêutica antibiótica, ela deve ser reavaliada pelo menos diariamente e os antibióticos devem ser suspensos logo que possível, sendo que são raras as situações em que a terapêutica antibiótica adequada deve ser prolongada por mais de 7-8 dias.

A informação apresentada nesta recomendação tem um propósito informativo e não substitui uma consulta com um médico. Caso tenha alguma dúvida sobre o conteúdo desta recomendação e a sua aplicabilidade no seu caso particular, deve consultar o seu médico assistente.

Bibliografia

 

Uma recomendação de:

Colégio da Especialidade de Medicina Intensiva da Ordem dos Médicos

Choosing Wisely Portugal
Escolhas Criteriosas em Saúde