+351 21 842 71 00

Revista científica “The Lancet” lança alerta sobre a deterioração do SNS

A publicação científica The Lancet – uma das mais prestigiadas revistas médicas do mundo – escreveu um editorial que alerta para a preocupante situação do Serviço Nacional de Saúde português, apesar das grandes melhorias de que foi protagonista nestes últimos 40 anos. Nos indicadores positivos, a revista exemplifica com a mortalidade infantil que desceu de 3.3 por cada 1000 nados-vivos em 2006, para 2.9 em 2017.

No entanto, a tendência parece estar a mudar, escreve o “The Lancet”. “Portugal é um dos únicos quatro países, entre os 33 países analisados pela OMS, que reduziu a despesa pública de saúde entre 2000-2017” e alerta ainda que “a falta de investimento no SNS está a impedir a modernização de hospitais e a substituição de material médico obsoleto”, acrescentando que “os trabalhadores do SNS ficam desmotivados com as precárias condições de trabalho e procuram emprego no setor privado e no estrangeiro”.

O artigo conclui que “o SNS não vai ao encontro das necessidades da população”. É, portanto, necessário que “o novo governo socialista” não deixe passar “esta nova oportunidade para priorizar a saúde e tornar o seu acesso possível para todos”.

Pode ler o editorial completo AQUI