+351 21 842 71 00

Prémio Nobel da Medicina distingue descoberta na luta contra o cancro

James P. Allison e Tasuku Honjo formam a dupla que este recebeu o Prémio Nobel da Medicina. “O Prémio Nobel deste ano assinala um marco na luta contra o cancro”, anunciou o comité do Nobel sobre a descoberta de novas formas de usar os travões das células do nosso sistema imunitário para travar o cancro. O prémio será partilhado pelos dois investigadores e tem um valor de cerca de 871 mil euros.

O norte-americano James P. Allison, do Centro para o Cancro M.D. Anderson da Universidade do Texas, focou o seu trabalho de investigação numa proteína, a CTLA-4, que funciona como um travão no sistema imunitário. Já o japonês Tasuku Honjo, da Universidade de Quioto, concentrou os seus estudos na proteína PD1, e demonstrou como, também ela, pode funcionar como um travão da evolução das células cancerígenas.