+351 21 842 71 00

Odette Ferreira: uma vida dedicada à ciência

Faleceu este domingo, aos 93 anos, Maria Odette Santos-Ferreira. Pioneira na investigação sobre a infeção VIH/Sida em Portugal, fazendo parte da equipa que identificou pela primeira vez o VIH do tipo 2 em doentes oriundos da Guiné-Bissau, Odette Ferreira deixa uma marca única na Saúde de Portugal.
Portugal e a saúde perdem uma das mais notáveis investigadoras, dedicada professora e uma das grandes referências da ciência e da vida académica. Farmacêutica de formação, Odette Ferreira desenvolveu um trabalho determinante para identificar o VIH do tipo 2, cuja descoberta teve um impacto enorme na história natural, na epidemiologia e no diagnóstico da infeção VIH.
Dedicou a sua vida à investigação do VIH chegando a coordenadora da Comissão Nacional de Luta Contra a Sida, cargo que exerceu de 1992 a 2000. Foi ainda a mentora do programa de troca de seringas nas farmácias, com significativo impacto na redução em Portugal de novos casos VIH, de hepatites B e C, sobretudo na população toxicodependente, e que granjeou grande reconhecimento nacional e internacional.
Entre as distinções recebidas, destaque para o Prémio Nacional de Saúde do Ministério da Saúde, em 2013, e a condecoração pelo Presidente da República com a grã-cruz da Ordem da Instrução Pública, já este ano.
Odette Ferreira foi um dos nomes marcantes da ciência e da academia portuguesas e deixa um legado de que todos os profissionais de saúde se devem orgulhar.
Neste momento de dor, a Ordem dos Médicos endereça as suas sentidas condolências a toda a família e amigos.