+351 21 842 71 00

Fátima Carneiro considerada a patologista mais influente do Mundo

Fátima Carneiro, professora da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) e diretora do serviço de Anatomia Patológica do Centro Hospitalar São João (CHSJ), é a patologista mais influente do mundo. A distinção foi atribuída à investigadora pela revista científica ‘The Pathologist’ e resulta de um inquérito no qual participaram, durante dois meses, patologistas de todo o mundo.

Na distinção, são destacadas as capacidades de Fátima Carneiro enquanto patologista e professora universitária, competências que catapultaram a médica portuguesa para o primeiro lugar na lista de 100 posições elaborada pela revista britânica.

Fátima Carneiro, que já assinou mais de 250 artigos científicos, destacou-se pelo seu percurso enquanto investigadora do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto (Ipatimup).

Ao longo da sua carreira, a investigadora dirigiu vários projetos internacionais, foi presidente da Sociedade Europeia de Patologia (2011-2013) e, em Portugal, coordenou a Rede Nacional de Bancos de Tumores (2008). Atualmente, preside a Academia Nacional de Medicina Portuguesa.

Em 2015, o título de patologista mais influente do mundo foi atribuído ao médico português Manuel Sobrinho Simões, também professor da FMUP, fundador do Ipatimup, e patologista no CHSJ. Manuel Sobrinho Simões integra também a Top 100 desta edição da revista científica ‘The Pathologist’.

A Ordem dos Médicos dá os parabéns a Fátima Carneiro e, de novo, a Sobrinho Simões, e congratula-se pela valorização e reconhecimento internacional da qualidade da Medicina que se exerce em Portugal.