+351 21 842 71 00

A Ordem dos Médicos reafirma a sua confiança nos médicos de família

O artigo de opinião divulgado na edição de hoje, 30 de outubro, do jornal Público, assinado por um conjunto de médicos especialistas em Pediatria e membros da direção do Colégio desta Especialidade, não corresponde a uma posição da Ordem dos Médicos.

Tal artigo constitui apenas a opinião dos médicos que o emitem e não reflete a posição do Conselho Nacional da Ordem dos Médicos (CNOM), nomeadamente quando desprestigia uma Especialidade que é fundamental na prestação dos cuidados de saúde em Portugal, a Medicina Geral e Familiar, cuja competência e qualidade de formação são inquestionáveis.

A Ordem dos Médicos reitera toda a confiança na prestação de cuidados por parte dos Médicos de Família aos utentes em idade pediátrica e reconhece o relevo dos cuidados prestados por médicos pediatras e de medicina geral e familiar à população pediátrica em geral. Afirma ainda a necessidade de uma eficaz e efetiva articulação entre estas duas especialidades médicas de forma a potenciar os cuidados prestados.

Lisboa, 30 de outubro de 2019

O Conselho Nacional da Ordem dos Médicos